21
jun

Palácio da Justiça de São Paulo após restauro

Projetado pelo escritório de Ramos de Azevedo e construído na famosa Praça Clovis, no centro de São Paulo, entre os anos 1920 e 1940, o Palácio da Justiça de São Paulo ocupa uma área de 25 mil metros quadrados e apresenta uma planta simétrica, com quatro torreões formando seus ângulos em cujas alas distribuem-se os ambientes. Entre 2014 e 2016, o edifício foi restaurado pelo escritório paulistano Kruchin Arquitetura.

Sem alterações profundas em sua constituição espacial, o restauro procurou contornar décadas de intervenção, adaptações, desgastes e interferências externas oriundas do ambiente urbano que comprometeram sobremaneira a conservação e a operação do edifício.

Fonte: www.archdaily.com.br /Fotos: @danielducci